Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Devaneando

Há muito tenho tentado escrever para o blog, porém é como se não existisse palavras que expressassem meus pensamentos. Ou talvez palavras, ideias demais sejam o motivo para a falta.
Aceite este pequeno voo. Para onde? Infinito. De onde? Da mente? Quem sabe...

Aceite o desafio e viaje também.


Muitas vezes embarco em viagens.
Caminho por vales e montanhas escondidas nos recônditos de minha mente.
Muitas vezes torna difícil retornar.
Será uma viagem sem retorno?
Ou será que a viagem retarda a volta?
Talvez adentrar nesse mundo seja perigoso
Talvez ser sonhadora não seja a melhor escolha.
Mas não conheço vida melhor.
Não conheço melhor meio para alcançar o almejado

Algum personagem de Dostoiévski se atreveria a fazer o mesmo?
G.H caminhou pelo inferno e paraíso.
Conseguiria... Eu?
Por enquanto apenas balbucio...

Mesmo que minha mente possa me enganar
Quero pintá-la
Conhecê-la
Esquadrinhá-la
Mapeá-la
Impossível?

Escrevo... Escrevo... Digito...
Essa é a forma de me comunicar
Comunicar o q…

Últimas postagens

Diário de leitura + antigas novidades

Séculos... A quebra de paradigmas românticos em Gonçalves Dias

Resenha de "Fazendo Ana Paz" de Lygia Bojunga

Às vezes... A falta da verdade (Sometimes...The lack of truth)

Ler como escritor? É possível ser leitor e compreender o pensamento do escritor?

Divagações sobre livros e afins

A Metamorfose: o conflito dos eus

Bem e mal ou bem ou mal? Melhores Leituras de 2016